Juliette Freire tem registro de atriz profissional negado por Sindicato dos Artistas

A Ex- BBB Juliette Freire teve o registro profissional para atuar como atriz, o DRT, negado. A informação foi confirmada pelo presidente presidente do Sindicato dos Artistas, Hugo Gross.

Nos bastidores da TV Globo, a informação que corre é de que a paraibana irá participar do remake da novela “Pantanal” e, por esse motivo, está em busca do seu registro profissional (DRT) para atuar. Entretanto, seu pedido foi negado por não ter trabalhos suficientes como atriz para conseguir a licença.

O presidente do Sindicato dos Artistas, Hugo Gross, confirmou a informação de que Juliette fez a solicitação do seu DRT há um mês e meio. A cantora realizou um processo de tramitação normal, com solicitação por e-mail, mas o pedido foi negado por ela não ter trabalhos suficientes para o registro.

“A gente não pode liberar o registro para Juliette porque não há trabalhos suficientes que comprovem que ela seja atriz, portanto não há embasamento profissional para que ela detenha um DRT. O documento enviado pela equipe de Juliette, com objetivo de comprovar seus trabalhos como atriz, tinha apenas imagens da cantora fazendo comerciais para algumas lojas, após sua saída do BBB”, afirmou Gross.

No entanto, a paraibana ainda pode conseguir seu DRT por meio de uma “solicitação especial”, que acontece quando a emissora paga 20% do cachê para o sindicato dos artistas para que o órgão libere uma autorização específica para um determinado trabalho.  

Veja também:

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.