Rússia proíbe Facebook e Twitter no país

Foto: Divulgação

A autoridade de comunicação do governo da Rússia anunciou que, a partir desta sexta-feira (4), as plataformas da Meta, empresa dona do Facebook, estão com o acesso bloqueado no país. Além da Meta, a agência de notícias russa TASS informou que o Twitter também foi bloqueado no território russo.

Existem relatos de que outros serviços de informação de países do Ocidente estão sendo bloqueados, como é o caso dos canais de notícias britânico BBC e alemão Deutsche Welle. Além disso, a plataforma Wikipédia também teria sido bloqueada.

Além da Meta, a agência de notícias russa TASS informou que o Twitter também foi bloqueado no território russo.Existem relatos de que outros serviços de informação de países do Ocidente estão sendo bloqueados, como é o caso dos canais de notícias britânico BBC e alemão Deutsche Welle.

Além disso, a plataforma Wikipédia também teria sido bloqueada.PUBLICIDADEFacebook trabalha para reestabelecer serviçosEm resposta ao anúncio, o vice-presidente de comunicações globais da Meta, Nick Clegg, afirmou que a empresa está se esforçando para tentar reestabelecer os serviços na Rússia, mas que não pode ir contra uma decisão governamental.

Além do Facebook, a Meta é proprietária do Instagram e do WhatsApp. Ambos os aplicativos também devem entrar no grupo de redes sociais banidas no país.

Na semana passada, dias após a invasão da Ucrânia, a direção do Facebook alertou, em nota, que a Rússia já ameaçava impor restrições às plataformas que fazem parte da Meta, visto que a empresa negou o pedido para parar de realizar checagens em notícias que eram veiculadas pelo governo do presidente Vladimir Putin