Justiça nega pedido de Britney Spears para remover a tutela do pai

De acordo com as informações do site TMZ, um tribunal de Los Angeles negou o pedido de Britney Spears que pedia para retirar seu pai do acordo de tutela que permite a ele o controle das questões pessoais e comerciais.

A decisão foi anunciada uma semana após o depoimento virtual onde a cantora relato diversos abusos sofridos nos últimos anos, como o uso de medicamentos para controle comportamental, proibição para tomar decisões que envolvem as amizades, finanças, além de ser impedida de remover um implante anticoncepcional (DIU), mesmo com o desejo de engravidar novamente. 

Em setembro, Sam Ingham, advogado da estrela, pediu a suspensão da tutela da Jamie com a proposta de que fosse adicionado a empresa de gestão Bessemer Trust à tutela, segundo informou o canal CNN.

No entanto, o pedido foi “rejeitado sem prejuízo”, decidiu a juíza Brenda Penny, responsável pelo caso. Vale lembrar que a decisão não considerou o depoimento da artista na semana passada.

Ainda de acordo com a CNN, Jamie pediu ao tribunal que investigasse as alegações da filha sobre ter sido medicada com lítio e obrihada a se apresentar contra sua vontade. Nas redes sociais, fãs e admiradores da cantora, prestam apoio junto ao movimento #FreeBritney. 

Com informações Msn.com

Veja também:

Comentários

Colabore com esse conteúdo deixando a sua opinião ou comentário. É muito gratificante para o produtor de conteúdo ter sua interação.