Governo deve aprsentar novo PCCS para militares de AL

O governo do Estado deve enviar esta semana para a Assembleia Legislativa de Alagoas o que vem sendo chamado de maior programa de recomposição salarial dos servidores do Executivo das últimas décadas.

No pacote, serão apresentadas os novos PCCS para servidores de nível elementar, nível médio e mais de 25 carreiras específicas, a exemplo do pessoal da saúde.

O pessoal da Educação já foi contemplado como novo PCCS a partir de outubro de 20221.

Os militares que representam uma grande contingente do funcionalismo estadual também está em busca de melhorias – e deve conseguir.

Reunião entre Jorge Santoro e representantes dos militares – Foto: Reprodução

Atualmente, Alagoas tem cerca de 40, 7 mil servidores efetivos. Destes, cerca de 40% são militares (6,8 mil na PM e 1,1 mil no Corpo de Bombeiros).

Em reunião realizada neste sábado, o secretário da Fazenda de Alagoas, George Santoro acenou com a possibilidade de melhorias para os servidores militares. O secretário, que também é militar da reserva, foi um dos responsáveis pelo projeto de lei que regulamenta o Sistema de Proteção Social dos Militares do Estado de Alagoas – SPSM/AL, que será, na prática a Previdência desses servidores.

“Sábado a Sefaz não para! Minha manhã de hoje foi dedicada a atender os nossos militares em busca de melhorias nas carreiras desses servidores de extrema importância para a população alagoana!”, disse George Santoro no Twitter.

Em sua página no Facebook, a Sefaz informou que “O secretário George Santoro se dedicou a negociações com nossos militares em busca de melhorias nas carreiras dos nossos servidores, cuja atuação é de extrema relevância para a população alagoana”.

O encontro contou com a participação do coronel Wellington Bittencourt, comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel André Madeiro, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, e de Alfredo Gaspar, secretário de Estado da Segurança Pública de Alagoas.