Falta de energia prejudica abastecimento de água em três cidades de AL

Diversas cidades das regiões Agreste e Serrana de Alagoas tiveram o fornecimento de água interrompido, nesse fim de semana (dias 5 e 6), em virtude de faltas de energia que atingiram as estações de captação e elevatórias operadas pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) e pela empresa parceira Agreste Saneamento. Em nota, a Equatorial informou que atua “para atender a todos os chamados da Casal”.

A situação mais crítica ocorre em Mar Vermelho, local em que a falta de energia na captação de água bruta, em uma área de fazenda onde fica o manancial, foi verificada na manhã deste sábado (5) e já dura mais de 24 horas.

Com isso, o abastecimento da cidade está paralisado e, mesmo após o retorno da energia, a Casal esclarece que deverá levar entre 24 e 48 horas para que o fornecimento de água seja totalmente normalizado, uma vez que a recuperação ocorre de forma gradativa, ou seja, algumas residências e ruas recebem água primeiro e outras posteriormente, à medida que aumenta a pressurização da rede.

Já em Anadia e Maribondo, cidades abastecidas pelo mesmo sistema de captação, tratamento e distribuição de água operado pela Casal, a falta de energia na captação ocorreu no começo da noite de sexta-feira (4). Imediatamente os técnicos da empresa comunicaram a Equatorial. O restabelecimento da energia ocorreu por volta das 9h30 do sábado (5).

Assim, é possível que algumas áreas das duas cidades ainda estejam com o abastecimento em fase de normalização gradativa.